Planeje a mudança com antecedência

Previna as dores de cabeça apostando em um bom planejamento! Escolha uma data de mudança viável para organizar tudo, realize uma triagem em seus pertences, descarte o que estiver em condições ruins de uso e conservação, doe o que não quiser na casa nova, faça um inventário dos objetos e monte um cronograma com todas as tarefas indispensáveis até o dia da mudança.

Tal cronograma precisa incluir as etapas de seleção, embalagem, identificação dos pertences, etc. O ideal é que você comece a providenciar os detalhes da mudança com um a três meses de antecedência. Não deixe para a última hora!

Organize a mudança por cômodos

Se você encaixotar tudo de uma vez, sem nenhum critério, será difícil arrumar a casa nova. Além disso, sua rotina ficará muito comprometida até a data da mudança — já que você não encontrará, com facilidade, os itens que precisa no dia a dia.

Para contornar isso, organize a mudança cômodo a cômodo, sempre começando pelos espaços da casa menos utilizados. E assim, gradualmente, vá guardando os objetos que você não usa tanto. Lembre-se de colocar os itens semelhantes juntos, identificando as caixas com etiquetas!

Contrate especialistas para desmontar os móveis

Não vale a pena colocar um móvel em risco com a finalidade de economizar — pois, nesse caso, o barato pode sair caro. Contrate profissionais para desmontar os móveis e garantir a segurança no processo, evitando perdas e danos.

Depois da desmontagem, os acessórios, dobradiças, parafusos e peças originais devem ser guardados cuidadosamente, para serem usados posteriormente na remontagem do móvel, já na casa nova.

Proteja seus pertences

É comum que peças quebrem, descasquem ou arranhem nas mudanças residenciais, mas isso não irá ocorrer se os móveis e objetos decorativos estiverem devidamente protegidos. Para tanto, coloque os pertences em caixas de dimensões adequadas, usando plástico bolha e isopor para aumentar a proteção.

Vale destacar que as caixas precisam ser novas, já que caixas velhas podem esconder insetos, como baratas e traças. Por fim, identifique as caixas e, se o conteúdo for frágil e quebrável, não se esqueça de sinalizar essa informação com clareza na embalagem.

Escolha uma boa transportadora

Para simplificar a mudança e fazer com que tudo corra bem em termos logísticos, é indispensável contratar uma transportadora confiável. Isso aumenta — e muito! — a comodidade e a segurança no processo de fazer mudança.

Antes de escolher a empresa, solicite referências aos familiares e amigos, veja quais são as melhores transportadoras da sua região, peça orçamentos e compare preços, procure conhecer a reputação da empresa na internet e confirme o limite de volumes a ser transportado. Feito isso, tome sua decisão e analise todas as cláusulas contratuais.

Coloque tudo no lugar aos poucos

Não queira arrumar a casa nova da noite para o dia! Para que tudo fique perfeito, como você sempre sonhou, é importante ter calma. Você, enfim, conseguiu realizar o sonho de se mudar para uma residência melhor — mas nem sempre dá para organizar tudo de vez.

Talvez seja necessário transportar seus pertences aos poucos e analisar o que é mais adequado à decoração do novo lar. Enquanto isso, seus móveis e objetos podem ficar seguramente guardados em boxes, com tamanho e preço ideais para sua necessidade. A Guardex realiza esse tipo de serviço.